02 maio 2008

Os economistas do Público terão endoidecido?

Alarmado com esta primeira página do "Público" de hoje, fui investigar as razões do descalabro da cobrança fiscal deste ano. Afinal, o que desceu foi o crescimento da cobrança. Isto é, a receita cobrada continua a crescer mas cresce menos. O que é obviamente natural depois do forrobadó das penhoras automáticas, algumas ilegais, das presunções de rendimentos, algumas abusivas, que fizeram com que a receita fiscal disparasse nos ultimos anos, de tal forma que Sócrates conseguiu este brilharete de gastar MAIS que os governos anteriores e, mesmo assim, equilibrar o orçamento abaixo dos 3% de déficit.
Agora, aos senhores que colocaram esta notícia "Receita fiscal regista o pior início de ano desde 2004" deverá ser atribuído o prémio "Manipulação da opinião pública 2008" porque é difícil dizer-se uma aparente verdade mais mentirosa que esta...

3 comentários:

expressodalinha disse...

Pior mentiroso que um ecomunista só mesmo um político!

António P. disse...

Sempre atento, Al-Kantara...ainda bem.
Um abraço

Zé Leonel disse...

A ideia de vingança do Belmiro de Azevedo até resultaria se tivesse gente capaz a manipular a coisa, assim é demasiado evidente e já não consegue os objectivos. Azar. De quem?