16 maio 2008

Mais umas previsões...

O governo anunciou aquilo que todos já sabíamos, isto é, a economia está a abrandar fortemente. Assim, o ministro Teixeira dos Santos veio com ar compungido, porém responsável, rever em baixa as perspectivas de crescimento de 2,2 para 1,5%. No entanto, por artes mágicas, a previsão do desemprego manteve-se inalterada nos 7,6%.
Oh meu caro senhor ministro, eu sei que sou um pobre musico pobre, com competências aritméticas somente adequadas a calcular terceiras menores, quintas diminutas ou quartas aumentadas. Mas que o nível de desemprego seja independente do crescimento económico é que eu aposto que (também) não é verdade.
PS. Ah, já sei que o senhor ministro alega que os efeitos no desemprego levam 6 meses a manifestar-se. Significa isso que daqui a 6 meses é que vamos ver desemprego a sério ?...

4 comentários:

roserouge disse...

Não será melhor eu dar ao Sr. Ministro o contacto da senhora dos búzios? Pode ser que ele acerte n'alguma coisa...

Al Kantara disse...

O senhor ministro tem acesso a búzios rigorosos. O que eles gostam é de "gerir expectativas". Assim, vão dizendo aos poucos porquem lhes ensinaram que "devagarinho dói menos"...

roserouge disse...

"Quem prende o ribeirinho que corre
é por si próprio enganado,
o ribeirinho não morre
vai correr para outro lado."

António Aleixo

expressodalinha disse...

Mestre Jopi irá anunciar em breve suas previsões para o quinquénio Junho/Outubro de 2008. Estejam atentos!