01 maio 2009

Gaibéus

Gravura de Lima de Freitas
"Do Alto Ribatejo e da Beira Baixa, eles descem às lezírias pelas mondas e ceifas. Gaibéus lhes chamam."
Para hoje e a propósito do feriado, sugiro a leitura do romance "Gaibéus" de Alves Redol.
PS -Talvez não o encontrem na livraria mais próxima. Eu tive de o encomendar. Também, é só o romance fundador do neo-realismo português. O que é isso comparado com as obras completas da Margarida Rebelo Pinto ou os ultimos romances (?) da Julia Pinheiro ou da Fátima Lopes que ocupavam profusamente os escaparates dessa livraria de onde Redol estava ausente ?

3 comentários:

expressodalinha disse...

Vou à Feira do Livro!

Carlos Santos disse...

Eu peço desculpa por invadir o seu espaço com uma mensagem que na essência não é sindical, embora tenha um conteúdo de ameaça de ameaça à liberdade e opressão dos mais fracos que não me parece se possa tolerar. O que lhe peço é somente que leia o sucedido por causa de um brincadeira de miudos de 7 anos, que se entendeu, no que eu chamo de mentalidade pidesca, dever envolver polícia e Vereadores.
Se depois de ler achar relevante a divulgação peço-lhe que faça um post com as suas reflexões sobre o assunto. Não tem de perder muito tempo, para os factos pode remeter para o link. Mas fica ao seu critério. Eu tendo a achar que estes abusos policiários têm de ser combatidos.
http://ovalordasideias.blogspot.com/2009/04/portugal2009-ditadura-dos-pobres-de.html
Obrigado e desculpe.
Carlos Santos

Al Kantara disse...

Caro Carlos Santos, li com atenção os posts relacionados com o seu link. Fiquei entre o indignado e o francamente divertido. Postei um texto em tom ligeiro porque a situação só merece que os responsáveis sejam ridicularizados. Obrigado. Volte sempre.