15 maio 2009

Vou para uma ilha deserta...

E levo 5 objectos :

1 - Uma guitarra clássica Ramirez
2 - Uma edição da obra "Fernando Sor -The complete Studies, Lessons and Exercices for guitar"
3 - Um diapasão Wittner
4 - Uma estante da Music Store
5 - Um conjunto de cordas Savarez (só p'ró caso...)

Se sobreviver, daqui a uns anos quando me vierem salvar, talvez esteja mesmo a tocar bem...

21 comentários:

Anónimo disse...

Na ilha deserta não aprendes nada e se te encontrarem daqui a anos ... só se for a ossada. Deixa-te estar com o pessoal.

Luis Bento disse...

SEm dúvida...E sem vizinhos a pedir para não fazer barulho...

ortega disse...

Já agora podias levar a audiência.

roserouge disse...

Junta-te ao expresso. Também leva guitarra para tocar aos pinguins! Vê-se logo que és músico!

peri s.c. disse...

Para completar a adequada ambientação musical para esse exílio, devias levar escondido mais uma caixa com uma camisa listrada, uma rede e as partituras das músicas praieiras de Dorival Caymmi. E se tornar o seu sucessor artístico nos mares do sul.

Claire disse...

Boa Al, FORÇA com ela

Georgia disse...

Nada como uma boa guitarra para nao se sentir sozinho...

expressodalinha disse...

A tocar bem demais e com as unhas próprias para tocar guitarra!

expressodalinha disse...

Audiência são pinguins.

astracan disse...

Devias levar também um gato. Óptimo ouvinte e, na versão quatro patas, do mais independente que há, como bem sabes.
No entanto não posso deixar de concordar com o anónimo, não na parte de não aprenderes nada, que com isso não concordo de todo, mas na parte de te deixares estar com o pessoal. E os alunos, pá, e os alunos?

António P. disse...

Ao menos podias levar um presunto sempre te alimentavas durante uns tempos ou uma cana de pesca ...caso contrário não sobrevives e a malta perde um excelente músico.
Fica por cá.
E cuidado com os pinguins do Jorge.
Um abraço

Rafael disse...

Não se esqueça de um bom case, pois a maresia é forte.

Francisco Castelo Branco disse...

Uma guitarra sempre importante para passar o tempo

Abr

Eduardo P.L disse...

Claro que vais aprender! Mesmo porque daqui 10 anos esses instrumentos serão muito raros, e talvez só vc sabera toca-los!

Mírian Mondon disse...

Essa é uma boa ilha! Cheia de musica e bom vontade! Muito bom mesmo!

Quanto ao violão vou levar um Samick
e quantos as cordas fizeste uma boa escolha! As minhas são Taylor.

Gostei!
Abraços!

Christi... disse...

Que beleza teremos música nessa ilha e em bom estilo e ótima qualidade.

Gostei das escolhas viu
Bjs
Chris

disse...

..o Jorge e seu iate já está passando aí para pegar-te..prepare-se a farra vai ser grande!
:-)

Compondo o olhar ... disse...

achei dificil esta tertulia, mas não deixou de ser interessante, pois nos fez pensar e repensar e muito, não foi??
gostei de suas escolhas....
tbm estou participando, dá uma olhadinha lá.
abraços

Nely disse...

Olá.
Eu vou levar meu acordeon com a mesma esperança, quem sabe...
Mas nem só de musica vive um homem...rsrs.
Bem vindo á ilha.
Beijo.
Nely.

João Menéres disse...

Só música?
Nem uma mulher para inspirar?

Abraço.

Al Kantara disse...

Anónimo : Cá vou ficando.

Luis Bento : O melhor é mesmo a ausência de vizinhos.

Ortega, Rose, Expresso e Astrakan : A audiência podem ser mesmo pinguins. Os gatos também são muito bons ouvintes.

Peri : Grande ideia. O Caymmi não desaprovaria.

Claire : Obrigado pelo incentivo.

Georgia e Francisco : Nem mais !

António : A cana de pesca era boa ideia. Mas depois faltava-me a linha.

Rafael : A guitarra tem case...

Eduardo : Não seja pessimista. O numero de bons guitarristas não para de aumentar...

Miriam : Bem escolhido, Miriam. A qualidade da corda é fundamental.

Christi : Obrigado.

Ví : O iate já passou ? Ainda estou à espera.

Compondo o olhar : Lá passarei. Obrigado pela visita.

Nely : O acordeon é até mais apropriado para a musica ao relento. Boa sorte.

João Menéres : E que mulher iria para uma ilha deserta ouvir-me estudar guitarra ? (Já basta o calor e os mosquitos...)