04 maio 2009

Koniec...

Morreu Vasco Granja, um incansável divulgador da BD e do cinema de animação. Alguns (direitinhas...) sempre gostaram de ridicularizar o seu trabalho na RTP porque, para além do Duffy Duck, nos brindava com aquilo que se fazia em cinematografias de leste (parece que era comunista...), além de apresentar filmes de vanguarda do Norman McLaren que os direitinhas nem costumam saber quem é (eles gostam mais da Pocahontas...).
Talvez agora que morreu, possa ser reconhecido unanimemente como o maior conhecedor e divulgador de cinema de animação e banda desenhada que o país conheceu...

10 comentários:

samatra disse...

Um bom homem que partiu com a vida cumprida.

roserouge disse...

O que é "Koniec"?

Al Kantara disse...

"Koniec" era a palavra que aparecia no fim de alguns filmes de leste e significa isso mesmo : "Fim". Penso que em polaco.

roserouge disse...

Que pena. Eu era fanzérrima do Vasco Granja, adorava os programas dele. Dava na RTP 2, aos sábados, lembras-te? Eram fantásticos!

António P. disse...

Grande divulgador o Vasco Granja.
Depois dele nunca mais houve nada de digno nas TV's sobre a divulgação de BD.
E tinha sentido de humor, ou seja sabia rir dele próprio.
Um abraço

expressodalinha disse...

Era outra concepção de BD.

astracan disse...

Uma memória amiga desde a infância. Falava para os putos sem maneirismos nem paternalismos. "Como se eles entendessem" o que ele dizia. Sem bidi-bidus. Uma referÊncia.
Boa viagem Vasco G.!

PAULO LONTRO disse...

http://www.youtube.com/watch?v=ZVeWixdSNHs&eurl=http%3A%2F%2Fsuperianita%2Eblogspot%2Ecom%2F&feature=player_embedded

Sentido de humor e muita classe!!!
Foi com ele que soube quem era o Friz Freleng ou o Mel Blanc e tantos outros que só mesmo ele sabia o nome mas que eram inovadores.
O que aprendia e como nos divertíamos com esta Vasco Granja.

o castendo disse...

Bom dia que ainda não almocei,
Parabéns pelo post.
Duas notas:
- Koniec é fim mas em... checo (não sei se em polaco também...)
- Foi o Vasco Granja que criou a expressão «Banda Desenhada» em Portugal. Antes disso eram «livros aos quadradinhos»

Al Kantara disse...

Obrigado, caro Vilarigues, pela achega informativa. Eu não sabia que tinha sido o Vasco Granja a criar a expressão "banda desenhada". Sempre a aprender. Bom almoço!