26 abril 2009

Prolixo ?...

Acabo de ver no início do programa "Câmara Clara" a Paula Moura Pinheiro (aquela rapariga que abre muito os olhos, mexe imenso no cabelo e fala, fala, fala que se desunha, ele é Foucault, ele é Barthes, Saussurre, eu sei lá, é tudo a eito...) a apresentar um seu convidado, bispo auxiliar de Lisboa, doutor em não sei-quê, professor de Teologia não sei aonde e autor prolixo.
Isto da cultura é como tudo : não basta parecer culto. Há que sê-lo. Por favor, alguém mostre à gentil menina este poema singelo de Mendes de Carvalho:

quem diz prolixo
diz pró lixo
I rest my case...

4 comentários:

Viriato Luz disse...

Eu não vi o início mas do que vi achei que foi uma excelente entrevista com dois convidados com ideias concretas e bem fundamentadas, e um tema interessante e polémico. Felizmente ainda existem programas que incluem entrevistas interessantes.
Não entendo o mal da utilização da palavra prolixo.

Al Kantara disse...

Viriato, "prolixo" é pejorativo e significa "longo, extenso, enfadonho, fastidioso". E, pelos vistos, há mais gente a confundir com "prolífico" que significa fecundo, produtivo, este sim, um termo laudatório.
(Quanto à entrevista, acredito que tenha sido interessante. Espero que tenha sido prolífica e não prolixa...)

expressodalinha disse...

Pois, tb. vi. Enfganou-se a pequena. Mas o programa de ontem, gostei.

Viriato Luz disse...

Ok, obrigado.