17 fevereiro 2009

Sinto-me enganado...

Fiquei estupefacto com a notícia : Bento XVI vai canonizar Nun'Álvares Pereira. Mas então aquela conversa toda do Santo Condestável que me andaram a impingir na infância não era verdade ? O tipo ainda não era santo e até havia uma freguesia em Lisboa com o nome de Santo Condestável. Mas se ainda não era santo porque é que o tratavam por santo ?...
PS - Filho do prior do Crato ( um dos seus vinte seis bastardos...) e de uma senhora da nobreza que lhe (ao prior...) deu três (filhos, entenda-se...), Nuno Álvares Pereira foi condestável do reino (logo, Chefe do Estado Maior da altura...), conduziu as tropas portuguesas nas guerras contra castelhanos (que por direito sucessório queriam ver o seu rei no nosso trono...) tendo, portanto, as mãos bastamente manchadas de sangue, o que o indica obviamente para a função de santo. No fim da vida aderiu aos Carmelitas, cumprindo as duas carreiras reservadas aos bastardos, ainda por cima não primogénitos : a militar e a religiosa. Casou a sua unica filha Beatriz com um bastardo (mais um...) do rei D. João I, dando origem à casa de Bragança que tão bons monarcas nos forneceu pois souberam conduzir o reino à república e ainda hoje nos diverte com o senhor dom Duarte e os seus primos afastados Câmara Pereira, frei Hermano e afins que não sabem cantar sem semitonar com um timbre metalizado e fanhoso (principalmente nos portamento em que são férteis...) mas nos andam a chatear há mais de trinta anos. E é este gajo que vai ser Santo ? Valha-nos Deus !...

5 comentários:

expressodalinha disse...

Eu não diria melhor. Este era santo antes de o ser... Um predestinado e ainda por cima anti-iberista!

Al Kantara disse...

Lá o anti-iberismo ainda é como o outro. Agora o Câmara Pereira a cantar o "Cavalo Russo" é que eu não posso perdoar...

Dulcineia disse...

Santos de pau carunchoso... a condizer com o papa actual.
Eh lá, não tinha ideia da abastança abastada de bastardos...
E Ri-me do comentário do caro Al Kantara... lá vou eu ao youtube procurar o tal cavalo russo...
Sei que este espaço não tem a ver com "é quando o telefone toca?" "posso dizer a frase e pedir a música?" mas Al Kantara, será que não pode colocar no seu espaço um pouco da sua música´? vá lá...
Um abraço, ao "enganado" e ao expressodalinha!

Al Kantara disse...

Um dia destes, Dulcineia, um dia destes, que não vale a pena afugentar a freguesia...

PS - O cavalo é "ruço" e não russo como escrevi por engano.

Dulcineia disse...

Al Kantara,
Ao procurar o "russo", apareceu o "ruço" nos "relacionados"...
Agora entendo bem o teu comentário.
Afugentar a freguesia? Cá para mim, estás é com medo das encomendas, rs
Um abraço de quem, se cantar, espanta (entenda-se: afugenta) todos em redor (em miúda, nas grandes viagens, sp q começava a cantar, o m/pai, subtilmente, ligava o rádio, rs levei anos a percebet a relação, imagina!)
Um abraço, com sorrisos