17 fevereiro 2009

O rosto do Banco Insular

Este senhor chama-se José Vaz de Mascarenhas e é administrador do famoso Banco Insular de Cabo Verde por onde passaram milhões vindos do BPN que saíram sabe-se lá para onde. Em inquérito parlamentar teve oportunidade de afirmar que :
1 - O Banco Insular pertence à SLN.
2 - Todas as operações vinham preparadas pelo BPN e ele só assinava operações a cujo desenrolar, posteriormente, não tinha acesso (Isto é, ficava sem saber se as pessoas a quem emprestava, depois, pagavam ou não pagavam...)
3 - O Banco Insular era ele, outro administrador, uma secretária e um contabilista.
4 - Invocou a lei de sigilo bancário de Cabo Verde para não referir nomes de beneficiários desses estranhos empréstimos.
5 - Ainda teve tempo e descaramento para afirmar que o Banco Insular só lhe deu maçadas (eu ouvi, ninguém me contou...)

No final da sessão, a Dra. Maria de Belém Roseira agradeceu-lhe a disponibilidade e desculpou-se pela demora na inquirição. Eu espero que as autoridades criminais, quando o interrogarem (se alguma vez o fizerem...), sejam igualmente polidas e solícitas. É que o senhor é muito educado...

2 comentários:

Dulcineia disse...

" (se alguma vez o fizerem...)" - pois, a ver vamos...Nem parece que somos um povo de varinas. Somos tão educados e cívicos... pena ser no que não devemos ser...

expressodalinha disse...

Não dá para ir para a Venezuela?