09 setembro 2008

O ficheiro Edvige

O governo deste senhor simpático está a preparar um tal de Ficheiro Edvige que se destina a criar uma base de dados pessoais de "todos aqueles susceptíveis de alterar a ordem pública", incluindo pessoas (até menores de idade) que nunca tenham praticado qualquer crime mas que, por alguma razão peculiar (cor do cabelo, sotaque ou forma de mastigar pastilha elástica) possam vir a criar problemas à sociedade. Da ficha individual destes "criminosos em potência" poderá constar a etnia, as opiniões políticas, filosóficas, religiosas, a militância sindical, a orientação sexual, enfim um conjunto de informações indispensáveis para que uma sociedade totalitária seja feliz. Para a França, confesso que não vejo grande utilidade, para além de duvidar que qualquer sociedade democrática possa aceitar este tipo de procedimento policiesco de inspiração ditatorial.

1 comentário:

expressodalinha disse...

E o que são pessoas susceptíveis de alterar a ordem pública? Quem define? Quais os critérios?