15 janeiro 2008

Retrato do Artista quando Cota - Robert Fripp

Quem fala de King Crimson, fala de Robert Fripp, o genial guitarrista que revolucionou a sonoridade do rock com o seu virtuosismo e ambição experimentalista quase laboratorial. Como sempre, dois galos para um poleiro é problemático pelo que parece que Fripp e Sinfield passaram grande parte da década de 90 a degladiarem-se em tribunais por razões que desconheço mas que presumo terem a ver com a torneirinha de dólares/libras/euros que os Crimson mantêm aberta.
Bastante aborrecido com o público e a crítica britânica, Fripp para além de continuar a fazer e a gravar a sua música sem dar grande cavaco, mantém o projecto "Guitar Craft" em que incentiva os seus alunos a não se tornarem profissionais. Segundo ele "if you love music, sell Hoovers or be a plumber. Do something usefull with your life."
Ah, já me esquecia : Estão a "ver" os sonzinhos que se ouvem no Windows Vista ? Pois são obra do nosso Fripp que os gravou na e para a Microsoft com uma Gibson Les Paul e uma parafernália de efeitos de fazer inveja a Hollywood...

3 comentários:

bijagós disse...

Muito estou a apreciar esta galeria! Mas, já que estamos nos King Crimson, fico à espera do Greg Lake...

expressodalinha disse...

Assim nesta figura deixam logo de ser míticos! Afinal acho que não quero saber mais nada desta gente.

Al Kantara disse...

Cara Bijagós, o Lake está na forja. Não garanto é que seja já.

Caro Expresso, o hábito não faz o monge...