02 janeiro 2008

GNR ? Não obrigado...


Do Diário Digital retiro esta história exemplar :

"Terça-feira, pouco antes de almoço, o proprietário de um café da Fuzeta, concelho de Olhão, chamou a GNR para autuar um cliente que se recusava a apagar o cigarro.
Chegada a patrulha, o prevaricador já tinha partido e o dono do café não conseguiu identificá-lo para posterior autuação.
Contudo, os militares da GNR acabaram por multar o dono do estabelecimento, porque não tinha colado os obrigatórios dísticos de proibição de fumar.
«Se ainda estivesse no café, o próprio fumador poderia sempre ter alegado que não sabia se era proibido ou não fumar, porque nada o indicava naquela casa», enfatizou uma fonte da GNR.
Moral da história : Nunca chamem a GNR a não ser que estejam preparados para ser multados....

3 comentários:

bijagós disse...

Ó pra eles, na fotografia, tão contentes por terem conseguido começar a pôr em prática os bons princípios para este novo ano!...

Candimba disse...

Aquela boina tem o seu proposito.

E para impor respeito intelectual.

Anónimo disse...

Como é k uma pessoa k nao cumpre a lei pode kerer obrigar outra a cumpri-la?
Foi mais k correcta a acção do GNR..
Era a mesma coisa k eu nao ter seguro no meu carro e kerer k autuassem outro condutor por me ultrapassar em excesso de velocidade..
Tenham dó..