11 novembro 2008

A Justiça está alerta à propaganda...

O Tribunal de Viseu condenou hoje ao pagamento de 350 euros de multa dois militantes da Juventude Comunista Portuguesa (JCP), pelo crime de dano simples, por terem pintado um mural onde anunciavam o congresso da estrutura partidária.
Sabem Deus e os meus amigos que gosto, como o cavaquista viseense Fernando Ruas, de paredes limpas e também a mim o PCP provoca algum incómodo ideológico e pragmático que não sei disfarçar. No entanto, gostaria de saber a que multa foi condenado o senhor presidente Ruas quando incitou em assembleia municipal os munícipes à violência, naquele célebre "recebam-nos à pedrada !" que ficou na história da grunhice e cacicagem nacionais como uma anedota mais a reter. E, já agora, gostaria que alguém me explicasse onde e quando é legal fazer pinturas murais porque talvez a mim me venha a apetecer matar saudades e não quero entupir os tribunais com minudências judiciais quando eles têm tanto que fazer. Só de pensar na quantidade de cavaquistas (alguns beirões, como o caro Ruas...) que o sistema terá de incomodar por terem andado a enriquecer rapidamente à conta das trafulhices do BPN, até se me arrepia pensar que posso ser julgado por pintar em parede proibida um "Viva a Liberdade" que me anda a fazer comichões na moleirinha...

4 comentários:

PAULO LONTRO disse...

Boa navalhada, estou contigo palavra por palavra.

Espaço Mensaleiro disse...

Desculpe,

vim em busca da postagem
sobre adoção.

Um grande abraço.

Eliana Alves

Anónimo disse...

Participem!

Congresso Internacional Karl Marx
14, 15 2 16 de Novembro
Universidade Nova
Faculdade Ciências Sociais e Humanas

Sexta feira, 17.00

Sessão da Abertura
Sexta feira, 17.30 - Painéis

1. Corpo, Género e Sexo
Tatiane Trinca – Em busca do corpo perfeito Bruno Maia – Medicina e Capitalismo
Helena Pinto – Sujeito politico feminista

2. Estética e Partidos Comunistas
João Marques Lopes – Mário Dionísio e A Paleta e o Mundo: com Jdanov ou com Lunatcharsky?
Concepções de arte entre os comunistas portugueses (1952-1962)
João Madeira - Poemas errados e engenheiros de pontes: tensões no PCP em matéria de literatura e arte
Juan Gomez - O jornal cultural italiano no pós-guerra e as políticas artísticas do Partido Comunista

3. Estado e Socialismo
Diana Raby – Socialismo ou poder popular revolucionário? Questionar os velhos esquema
Júlio Guanche Zaudivar– Socialismo de estado na América latina: Critica, Balanço e Perspectivas António Louçã – Marxismo e Democracia Burguesa

4. Novos e Velhos Piquetes
Renake Neves – O movimento piqueteiro e a requalificação da luta política dos grupos subalternos na Argentina pós-1980
Elaine Amorim – Neoliberalismo e lutas sociais: a emergência dos movimentos piqueterose altermundialistas no contexto neoliberal
Leila Yacoub – Luta pela redução da jornada de trabalho

Sexta feira, 19.00 - Sessão Plenária
Paolo Virno - Apologia do Comum e Crítica do Universal
Alberto Toscano - Algumas reflexões sobre marxismo, religião e tempo
Comentador - António Guerreiro
Sábado, 09.30 - Painéis

5. Capitalismo Global e Crise Financeira
Jorge Grespan – A crise como desmedida do capital
Francisco Louçã – Recessão em 2008 e 2009: Turbulência nos Mercados e Crise do Capitalismo Jörg Huffschmid – Financiarização: a emergência de uma nova consteleção na economia contemporânea

6. Novos movimentos sociais em espaço urbano
Sónia Lima – Novas lutas urbanas no Brasil
Jaime Pinho – Peões de todo o mundo, uni-vos
Maria José Araújo e José Machado de Castro – Lutas de Classes pelo direito ao espaço urbano

7. Tempo, Disciplina e Capitalismo
Marina Monteiro de Castro e Castro - O Trabalho Na Área Da Saúde
Cristiano Ramalho - O Sentir dos Sentidos dos Homens do Mar: Corpo, Trabalho e Liberdade Zuleide Silveira - O Governo de Lula da Silva:”revolução dentro da ordem”ou “governo da ordem”?

8. História dos Movimentos Marxistas
Jordana Santos – Foquismo e maoísmo na América latina
Jorge Fontes - Da IV Internacional ao maoísmo
Flor Neves - O “morenismo”

9 – Comunismo em Portugal ao Longo do Século XX
Ricardo Noronha – Lenine em Portugal
Miguel Cardina – Maoísmo 64-74
António Simões do Paço - O PCP e o Estado, da «reorganização» de 1941 à revolução de Abril de 1974.

Sábado, 11.00 - Painéis

10. Trabalho, Economia e Sindicalismo
Ricardo Antunes – Da crise da sociedade do trabalho à nova morfologia do trabalho
Carlo Vercellone – Os fundamentos do rendimento social garantido como rendimento primário
Manuel Carvalho da Silva – Trabalho e Sindicalismo em Tempo de Globalização

11. Socialismo na Venezuela
Eduardo Henriques – A Revolução Bolivariana: a história como farsa
Josias de Paula – Que socialismo para o século XX? O caso Venezuela
Francisco Furtado – Processo Revolucionário Bolivariano
Bruno de Góis - Enquadramento da Revolução Bolivariana no contexto do conflito entre os modelos latino-americanos de Estado e de inserção internacional

12. Mercado, Capital e Emprego
Carlos Pimenta – Trabalho produtivo, globalização e economia-sombra
Edneia Oliveira – A politica de emprego e a mistificação da relação capital-trabalho
Paulo Nabuco - Qual a Cor do Gato? Considerações sobre o socialismo de mercado com características chinesas

13. História do Socialismo e do Movimento Operário no Século XX
Steven Forti – “Faz como na Rússia!” Pensamento e prática política do socialismo maximalista italiano no biénio vermelho (1919 – 1920)
Juan Trias Vejarano – Do Marxismo Leninismo a Gramsci: Teoria e Prática do PCE
João Arsénio Nunes - O Congresso Internacional dos Escritores para a Defesa da Cultura (Paris, 21 a 25 de Junho de 1935)

14. A revolução portuguesa de 1974/5
Manuel Loff – Leituras hegemónicas da rev. Portuguesa no universo simbólico e cultural da viragem do século
Raquel Varela – O PCP no PREC
Miguel Perez Suarez – Comissões de Trabalhadores na revolução Portuguesa

Sábado, 12.00 - Sessão Plenária

Fernando Rosas - Memória e Hegemonia na Historiografia Contemporânea
Carmen Molinero, Pere Isàs - Os movimentos sociais em Espanha: da ditadura à democracia
Comentador - Manuel Loff

Sábado, 15.00 - Painéis

15. Correntes Marxistas
Leandro Galastri – O pensamento de Georges Sorel na composição do Marxismo de Gramsci
João Valente Aguiar - O legado teórico de Lenine: digressão da sua obra produzida entre Fevereiro e Outubro de 1917
Walter Beier – Otto Bauer e o Austro-Marxismo

16. Marxismo, Realismo e Formalismo
Carlos Vidal - Formalismo como marxismo: eixo Courbet-Manet-Impressionismo
Miguel Cardoso - Marxismo, arte abstracta e conteúdo
Juarez Torres Duayer – Luckács e a estética marxista

17. Marxismo em Portugal
Carlos Bastien – Marxismo e Economia Politica: a visão de Bento de Jesus Caraça
Helena Neves – Filosofia da cultura como praxis em Bento de Jesus Caraça
Luís Crespo Andrade – A Inscrição do Marxismo na Cultura Portuguesa

18. Grundrisse e trabalho
Henrique Amorim – Trabalho imaterial, forças produtivas e socialismo do Grundrisse
Daniel Andrade – Trabalho Imaterial, controlo emocional e desigualdade
Bruno Monteiro – Reacender o “fogo vivo e criador” . Uma investigação etnográfica do trabalho e da presença operária no quotidiano fabril

19. Estado, identidade e Migrações
José Mapril, Ramon Sarró – Mamdani em Schengen: Cidadãos e súbditos na Europa contemporânea
João Coimbra – Sardinha: analgésico para a fome
Mamadou Ba – Fundamentalismo Islâmico e Origens de Classe

Sábado, 16.30 - Painéis

20. Genealogias do Trabalho Vivo~
Mateo Mandarini – Operaismo e a política
Ben Dawson – Força, Matéria e Trabalho. A dinâmica do trabalho nos anos 1970's
José Neves – Economia moral e império21. Representado a emancipação: o comunismo nas artes
André Dias – Sobre o Involuntarismo de Esquerda
Luís Trindade – Representar o Comunismo
José Filipe Costa – O Cinema do Fazer Acontecer

22. Economia Política da Cultura e do Lazer
Peixoto et. al. – Classes, Trabalho e Lazer: Modo de produção como eixo
João Romão – Produto turístico: mercantilização do lazer, turismo e território
Carla Luís – Desenvolvimento e cultura na sociedade global

23. Estado e Violência
Valerio Arcary - As esquinas perigosas da História
Nara Santana – Conflitos étnicos e nacionalismos no Brasil desde 1930
José Nuno Matos – “Por baixo da calçada, a dinamite”: Luta armada na Itália e na Alemanha na década de 70

24. Marxismo e EurocentrismoMichel
Cahen – Criticando um certo marxismo de um ponto de vista marxista: o marxismo e a problemática eurocentrada da problemática das nações
Carimo Mohomed – Islamismo(s), Marxismo(s) e terceiro mundo – ideologias em conflito, ideologias em cooperação
Lincoln Secco – A tradução do marxismo no Brasil: Caio Prado Júnior

Sábado, 18.00 Painéis

25. Estado Providência e Serviços Públicos
Sara Granemann – Contra-reformas providenciarias – elementos para o debate da financeirização das politicas sociais
Jean-Marie Monnier - O Estado-Providência na transição para um capitalismo cognitivo: um ponto de vista histórico
Asbjorn Wahl – Ascensão e queda do Estado Providência

26. A Emancipação Pela Arte
Marilda - Literatura epistolar e criação poética de si
José Soeiro - Teatros em Luta: haverá uma poética marxista libertadora?
Patrícia Santos – Kafka, um realismo metamorfoseado

27. Sindicalismo e Luta De Classes

Eduardo Alves – As fases do sindicalismo Brasileiro
Paulo Tumolo – A trajectória da CUT do Brasil
Lia Tiriba – Sobre o método: por que investigar estratégias de trabalho e de sobrevivência?

28. Alienação e Capital
Alba Maria Pinho De Carvalho – Diálogo crítico com o pensamento de Boaventura Sousa Santos: Na busca de alternativas para além do Capital
Pedro Mota - Incompreensão dos momentos do constituir do marxismo expressando-se em duas interpretações opostas: humanismo e estruturalismo sociológico e economicista.
Wolney Carvalho et. al. – Impossibilidade da emancipação humana na economia politica de Marx

29. Marxismo e a Questão Nacional
Mariana Avelâs: «Cherishing all the children of the nation equally»: A(s) Irlanda(s) e o desafio pós-colonial
Diego Diaz Alonso – Os comunistas e o conflito Vasco na transição espanhola
Alexandra Dias Santos - O Prometeu Africano

Domingo, 09.30 - Painéis

30. Luta de classes e luta de sexos: tensões e encontros entre Marxismo e Feminismo
Manuela Tavares - Feminismo e Marxismo: um “casamento” mal sucedido? Os novos desafios para uma corrente feminista de esquerda
Birge Krondorfer - Sobre a igualdade de géneros
Cláudia Nogueira - Divisão sexual do trabalho

31. Internacionalismo, proletariado e nação
Marcos del Roio – A dinâmica geopolítica da Internacional Comunista
Ana Barradas – Classes há muitas, só uma faz a revolução
Daniele Oliveira – Uma leitura sobre a Dinâmica mundial do capitalismo contemporâneo: new economy, império ou capitalismo monopolista da fase imperialista

32. Marxismo, ambiente e ciência
Rita Calvário – Luta Ecológica e luta de classes
Eunice Trein – Contribuição do Marxismo à Educação Ambiental
Alda Sousa – Os desafios da Genética e a Esquerda do século XXI

33. Partido e Politica
Luís Fazenda – Partido, Razão Necessária
António Revez – O modelo de partido da "velha" e da "nova" esquerda: uma análise comparativa dos estatutos do PCP e do BE
Carlos Santos – Marxismo e Socialização Politica

34. Marxismo e História
J. P. Avelãs Nunes – O marxismo: sujeito e objecto de conhecimento na história contemporânea (colocar junto a filosofia das ciências?)
Carlos Zacarias JR. – Gramsci e a História
Mário Tomé – A Ideologia na Derrota das Revoluções

Domingo, 11.00 - Painéis

35. Marx, Estado e Revolução
Franklin Trein – Com quantos Marx se faz uma teoria revolucionária? (Contra Althusser) Fernando Dores Costa – Recebeu o “jovem Marx” uma tradição doutrinal sobre o uso da “razão de Estado”
Irene Viparelli – 1848, Uma teoria conjectural da Revolução

36. Marxismo e Dialéctica
Eduardo Pellejero – As novas aventuras da dialéctica: o marxismo como acontecimento, critica, projecto e instituição
Carlos Carujo – Valências da Dialéctica
Eduardo Chitas - Marx e a Unidade Material do mundo

37. Desenvolvimento e Sujeito Revolucionário
Fernando Oliveira Baptista – O destino camponês e a Herança de Marx
Guilherme Van Wijk - Elementos por uma nova grade de leitura do Desenvolvimento. Actualizando o legado dos dependentistas
Marcelo Badaró Matos – Trabalho, classe e a questão do sujeito revolucionário: apontamentos teóricos a partir da América Latina

38. Democracia, Governança e Sociedade Civil
Renato Soeiro –Dificuldades da esquerda na abordagem do défice democrático na União Europeia
Manuel Dias Duarte – Para uma critica politica da ética
Maria Lúcia Duriguetto - Sociedade Civil e Movimentos Sociais: A Contribuição Gramsciana

39. Problemas da História Portuguesa no Século XX
Alice Samara – A República entre a generosidade e o terror
Álvaro Arranja - As greves gerais em Portugal
Ana Cristina Martins – V. Gordon Childe e a Arqueologia em Portugal

Domingo, 12.00 - Sessão Plenária
Esther Leslie - Reciclando ideias: Estética e Política, uma e outra vez
José Barata Moura - Materialismo e Dialéctica
Comentador: Luís Trindade

Domingo, 15.00 - Painéis

40. Produção Simbólica e Capitalismo
TardioMassimo Morig e Stefano Salvi – Que nova teologia na época da cyber-vanguarda para fazer vencer o materialismo histórico?
Fernando Penin Redondo e Maria Redondo – do Capitalismo ao Digitalismo
João Teixeira Lopes - Reconfigurações da relação superestrutura / infraestrutura no capitalismo tardio: a centralidade da produção simbólica

41. Estado, Disciplina e Biopolítica
António Filipe – Estado, securitarismo e liberdades
Tiago Marques – A «cidade penitenciária»: O fascismo italiano e a teoria marxista da penalidade Fernando Haro – Governamentalidade Liberal em Sistemas Autoritários

42. Classes e desigualdades sociais
Renato Carmo – A desigualdade das classes: entre a complexificação e a simples polarização social
Ricardo Costa – Usos e Abusos da Exclusão Social como conceito explicativo das novas desigualdades: uma critica marxista
Claudete Moreno Ghiraldelo – Estratos Sociais no Brasil sob a Ótica de dois orgãos de Imprensa Brasileiros

43. Trabalho e EducaçãoHugo Dias – Sindicalismo de Movimento Social: génese e revisão de um conceito
Mariana Aiveca – Sindicalismo e novos movimentos sociais
Cecília Honório – O mercado da educação

44. Arte e vanguardas
Alexandre Martins – Música, Ideologia e Canção de Intervenção em Portugal
Fernando Pereira - Novas da desolação: notas sobre arte e real
Manuel Araújo – Vanguardas

Domingo, 16.30 - Painéis

45. Hipóteses comunistas
Lúcia Pradella – A actualidade de "O Capital"
Valério Romitelli – A experiência histórica do comunismo como realidade estática e como paixão Bruno Peixe – Do comunismo da produção à produção do comunismo
Manuel Carlos Silva - Teoria e método em Marx perante fraselogias (pseudo)dicotómicas

46. Fetichismo e Mercadoria
Guilherme Statter – Actualidade da Lei do Valor
Ricardo Regatieri – Caminhos da negatividade: a critica do valor de Robert Kurz e a questão do fetishismo
Paulo Alexandre Castro – Alienação, Fetichismo e mercadoria: a sociedade hiper-consumista de Lipovetsky e a alienação do sujeito suposto-gozar de Zizek

47. Romantismo e Capitalismo
Frederico Àgoas – Duas hipóteses românticas em História e Consciência de Classe
Fernando Ramalho – Do espectáculo interactivo à vida imprevisível
Mónica da Costa – A categoria de alienação no marxismo francês

48. Existencialismo, Pós-estruturalismo e Pós-modernismo
Miguel Ramalhete Gomes – Uma perda total de humanidade: Decomposição e recomposição do proletariado
Miguel Reis – Marxismo e Existencialismo
Miguel Antunes – Desejo, deleuze, Marxismo, Capitalismo e Esquizofrenia

Domingo, 18.00 - Sessão plenária
John Kraniauskas - Notas sobre Ernesto Laclau
Nuno Nabais - O debate em torno da democracia: Rancière, Negri, Nancy
Comentador - José Manuel Pureza

expressodalinha disse...

?!