17 abril 2008

Ignorância despudorada

Acabo de assistir na televisão, num desses concursos de cultura geral que nos convidam a ser milionários, a uma professora de Português que confessa ignorar a que se dedicava Fernando Lopes-Graça. A senhora ( que deve ensinar aos nossos meninos e meninas o lugar dos verbos, substantivos, adjectivos e outras matreirices gramaticais) não sabia se era compositor, pintor, escritor ou outra coisa qualquer, um dos maiores vultos da cultura musical portuguesa do século XX. E exibia esta ignorância insultuosa com o ar mais descontraído do mundo, como se fosse natural. E se alguém me disser que não é grave tal omissão por não ser da área que lecciona, só posso lembrar uma frase desse outro grande português e médico eminente, Abel Salazar : "Quem só sabe medicina, nem sequer medicina sabe..."

4 comentários:

expressodalinha disse...

Um Substantivo assim já não se fabrica!

particula-RG disse...

Também assisti.
[o pior é que a Sra. Professora não era só "ignorante"...]

Um mal, nunca vem só. Dizem.

o castendo disse...

Gostava de ter escrito isto...

Maria I. disse...

Eu acho que se a ignorância manifestada publicamente fosse multada... não sofreriamos tanto com tanto disparate...