08 julho 2009

Volta zezinho, estás perdoado, filho...

Se, como eu suspeito, este senhor bem vestido com fatinhos bem engomados, sair amanhã da prisão por pedido do seu advogado, sugestão do ministério público e ordem do juiz de instrução criminal, eu tenho de concluir que anda toda a gente a mangar com a malta que paga este festival risível a que chamamos Justiça em Portugal. Se, como eu ainda suspeito mais fortemente, este senhor ( e, já agora, a sua querida esposa de quem se divorciou para proteger um património de milhões adquirido fraudulentamente...) não tem todos os bens móveis e imóveis arrestados para prevenir eventuais indemnizações milionárias, tenho de concluir que estão a mangar com os milhões de contribuintes que estão a pagar do seu bolso o forrobodó de vigarices a que o gangue do BPN sujeitou essa instituição bancária, enriquecendo rápida e ilicitamente uma cáfila de bimbos à sombra do chapéu de chuva de altas influências que, presumo, continuarão acima de qualquer incómodo sério.

5 comentários:

roserouge disse...

Nem me fales, até estou agoniada com esta merda! Mas é o mais certo, vais ver! E assim que se apanhar cá fora, pira-se para bem longe daqui para o pé dos seus milhõezitos que estão ansiosos à sua espera!

expressodalinha disse...

Mas acham que ele sai?!

Al Kantara disse...

Aceitam-se apostas...

astracan disse...

claro!!!

astracan disse...

Haveria uma hipótese, no entanto, que poderia lixar este Oliveira e, pelo timing da coisa, o Isaltino também... que era quererem "mostrar" que a justiça não está tão mal como a pintam. Mas, duvido. Estes dois senhores sabem "coisas" de muitos outros senhores e "no se pasará nada"...