29 janeiro 2009

Pérolas...

"...joguei infiltrado e lesionado. Espero que Messi faça o mesmo..."
O facto de um treinador de futebol poder dizer isto sem ser despedido imediatamente mostra que o futebol é um mundo à parte onde a inteligência e o bom-senso não abundam. É que jogar infiltrado e lesionado significa que o jogador correponde ao esforço porque foi injectado com um anestésico local que lhe anula a dor da lesão e o coloca numa posição de não saber quando deve parar para evitar estragos irreversíveis.
O facto da Federação Argentina não mandar para casa o seu seleccionador dizer disparates sozinho confirma-me que não é só em Portugal que o futebol está perdido porque o que interessa em toda a parte é ganhar. O preço é secundário e pode incluir a vida dos desportistas...

7 comentários:

roserouge disse...

Um mundo podre e sórdido. Como aliás em todo o lado.

astracan disse...

Excepcional jogador sem dúvida!
De resto...

astracan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
expressodalinha disse...

Só os argentinos é que aturam este caramelo. Cada um tem o que merece. É bem feito para eles, que são uns enfatuados do caraças, terem de suportar (e com agrado!!!) um descamisado do futebol como herói nacional!

Anónimo disse...

Diria que a coca lhe derreteu uma área assinalável do cérebro e que a estupidez deu cabo do resto... Maradona, uma lenda ainda viva, está mesmo é marado. E, como diz o bloguista, estranho é que a federação argentina deixe passar uma enormidade destas em claro. Pobre Messi! Pobres alvi-celestes!

bijagós disse...

Deculpem ter tão pouco dizer e não resistir ao óbvio. Mas ando com uma queda para os anexins...
"Pérolas... a porcos".

PAULO LONTRO disse...

lol... este senhor não infiltra analgésicos, infiltra outras coisas.
Vamos ver esta selecção argentina a 200 Km/h … espero que o Lucho e o Lisandro ainda cheguem cá com o pouquinho de gás…