15 fevereiro 2008

Almerindo esforça-se por baixar a despesa

Almerindo Marques, o musculado gestor que queria despedir o José Rodrigues do Santos da RTP por este dizer umas verdades inconvenientes, entrou a matar na Estradas de Portugal EP. Chegou à conclusão que havia carros a mais, mordomias a mais, despesas a mais. E vai de cortar a direito. Tão titânico esforço levou-o a triplicar o seu próprio salário (talvez não tenha sido ele. Alguém por ele...) em relação ao do ultimo presidente da empresa. Assim (em numeros redondos) passa o presidente da Estradas de Portugal EP. de uns meros 4.752 euros para 13.850 euros mensais.
Mesmo assim, longe dos quase 16.000 que auferia nos tempos em que achava que podia levantar processos disciplinares por delito de opinião...

4 comentários:

expressodalinha disse...

Pronto, está melhor. Tb. reparas em tudo! Palavra de honra...

Al Kantara disse...

O que eu sou é um grandessíssimo invejoso...

astracan disse...

Infelizmente para além de seres um grandessíssimo invejoso, que eu também sou, o "material pornográfico" disponível é diário e inesgotável.
Almerindo à parte, até me espanta não teres ainda postado "Santana no seu melhor": Então ele há a lata de se aborrecer um homem de bem no heptagésimo quinto aniversário de seu pai? Em plena refeição!

astracan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.